Dentistas podem aplicar botox para fins estéticos em todo o rosto

 em Notícias

Com o aval do Conselho Federal de Odontologia, profissionais podem aplicar toxina na face

Espelhinho, espátulas e motorzinho não são mais as únicas estrelas do kit de instrumentos de trabalho dos dentistas.

A seringa com toxina botulínica agora também poderá fazer parte dos itens que são usados para os exercício da profissão. De acordo com a Resolução 176/2016, o Conselho Federal de Odontologia decidiu por autorizar a utilização da toxina botulínica e dos preenchedores faciais pelo cirurgião-dentista, para fins terapêuticos funcionais e/ou estéticos, desde que não extrapole sua área anatômica de atuação.

De acordo com a orientação, a área anatômica de atuação clínico-cirúrgica do cirurgião-dentista é superiormente ao osso hioide, até o limite do ponto násio (ossos próprios de nariz) e anteriormente ao tragus, abrangendo estruturas anexas e afins. Para os casos de procedimentos não cirúrgicos, de finalidade estética de harmonização facial em sua amplitude, inclui-se também o terço superior da face. Ou seja: os dentistas podem aplica botox para fins estéticos em toda a face.

Antes que os dermatologistas tenham um xilique, é bom esclarecer que, em muitos países, a formação para o exercício da odontologia é a medicina. No Brasil, há faculdades específicas e não existe legislação que proíba o cirurgião-dentista de realizar procedimentos estéticos na face, até porque o entendimento é de que eles são profissionais capacitados para fazer intervenções diversas nesta região.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

WhatsApp chat